20 de julho de 2016

Meu amigo Thoth

Algum tempo atrás tive como amigo um deus egípcio, Thoth. Ele era a mais doce e gentil pessoa que eu poderia ter conhecido. Conversávamos muito, sobre os mais variados assuntos que se pode imaginar. Assuntos sérios, assuntos neutros, assuntos pessoais, besteiras... Apesar de ser muito ocupado com seus afazeres (afinal, Thoth é um deus do panteão egípcio!), ele sempre arranjava um tempo para descer de sua morada nos céus e me dar atenção. Ainda me lembro dele, com seu longo bico, do qual costumava se queixar às vezes... Admito que errei algumas vezes com Thoth. Mas muito mais do que isso, errei comigo mesma ao supor ingenuamente que, desta última vez, poderia encontrá-lo ainda vivo. Infelizmente, Thoth está morto. Suicidou-se com o veneno de sua própria amargura e foi substituído por outro deus, também do mesmo panteão... Seth. Ou talvez Thoth fosse apenas uma ilusão, nunca tendo existido... Quem vai saber...


Nenhum comentário:

Postar um comentário